domingo, 30 de janeiro de 2011

TALENTO: QUEM RECEBEU MENOS E MULTIPLICOU PROVOU TER MAIS CAPACIDADE DO QUE QUEM RECEBEU MAIS


Jefferson Magno Costa    

     Toda pessoa possuidora de talentos corre o risco de os usar mal, os enterrar ou os perder, e quando um dia estiver diante de Deus, não dará boa conta deles.
     




Alguns por terem caído no pecado da soberba, outros por terem caído no pecado da inveja,







e outros por terem caído no pecado da falta de decisão e firmeza, que é o pecado da omissão.

     Na parábola dos dez talentos usada por Jesus (Mt 25.14-30), o servo que enterrou o único talento que recebera de seu senhor, cometeu esse último pecado.
     Porém, ele poderia ter sido considerado o melhor, e ter-se mostrado muito mais capaz do que os outros dois servos que haviam recebido dois e cinco talentos, caso não tivesse enterrado o seu.
     Certa vez um grupo de teólogos iniciou um debate para saber qual dos criados da parábola dos dez talentos se mostrara mais sábio e capaz, se o que com dois talentos conseguira outros dois, ou se o que com cinco talentos conseguira outros cinco.
     Por não terem conseguido chegar a uma conclusão, os teólogos resolveram levar o problema para um grupo de experientes comerciantes e empresários, os quais concluíram que mais habilidoso tinha sido o servo que com dois talentos conseguira mais dois talentos do que o que com cinco talentos conseguira mais cinco.
     A justificativa para essa conclusão os comerciantes e empresários haviam tirado da própria experiência: É mais difícil ganhar pouco com pouco do que muito com muito.
     E também acrescentaram que se o servo que recebera um só talento tivesse conseguido outro talento, teria superado largamente em capacidade ao servo que recebera dois e ao servo que recebera cinco.
     Essa última conclusão serve de grande consolação e incentivo às pessoas que se consideram possuidoras de pouco ou quase nenhum talento.
     Pegue o único talento que você tem, apresente-o a Deus, diga-lhe que quer usá-lo para o engrandecimento, a honra e a glória do Seu Reino, e prepare-se para testemunhar milagres!
     (A. V. Trecho do Serm. Prim. Dom. Adv. Adapt. Lisb. 1676)
Jefferson Magno Costa

4 comentários:

  1. Linda explanação Pr. Jefferson. Está sendo muito enriquecedor.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo reconhecimento, irmã Micheline. Foi o meu amigo e grande pregador da Palavra de Deus, pastor Geziel Gomes, que me deu a dica para estas postagens.
    Durante uma longa e proveitosíssima conversa que tivemos, ele observou que uma das coisas que os pregadores mais necessitam hoje é de novas e originais ideias para a pregação; de novidades encontradas no texto bíblico; de ângulos hermenêuticos ainda não observados; de lampejos da vasta sabedoria que subjaz no inesgotável e nunca suficientemente explorado texto das Sagradas Escrituras.
    Vinte séculos de cristianismo, com seus milhões de pregadores que têm atuado em quase todos os países do mundo, não foram ainda suficientes para explorar nem dez por cento dessa riqueza. Portanto, não conseguimos sequer ficar quites com o equivalente ao dízimo que devemos a essa mina inesgotável.
    Topei o desafio do pastor Geziel e prontifiquei-me a buscar, na obra de centenas de pregadores antigos, essas pedras preciosas, essas ajudas que podem ser úteis nas mãos dos nossos pregadores.
    E eis-me aqui, todos os dias, dentro das minhas visíveis e inegáveis limitações, publicando uma pérola, uma sutil observação ou uma pequena ideia que possa resultar em um grande sermão nas mãos de um ungido e inspirado servo de Deus. Espero que os legítimos ensinadores e pregadores da Palavra que estão em atuação em nosso país tirem proveito de algumas delas.

    ResponderExcluir
  3. A Paz de CRISTO,

    Pr Jefferson,desculpe-me usar esse sublime espaço para perguntas,mas:

    O LIVRO QUE APARECE NO SEU BLOG SOBRE UM MÉDICO QUE RELATA À CRUCIFICAÇÃO DE CRISTO É POSTADO PELO IRMÃO OU...É BOMMM?!

    ResponderExcluir
  4. Não, não é bom, prezado irmão e amigo Marcelo Pires: é fantástico, é excelente, é único no mundo em seu gênero. É iniqualavelmente esclarecedor, e capaz de levar um rochedo às lágrimas. Recomendo-o a toda e qualquer pessoa que tenha algum interesse por Jesus Cristo.

    ResponderExcluir

(Clique na imagem)

(Clique na imagem)

Visitantes recentes

Top 10 Members

.

.