terça-feira, 6 de setembro de 2011

NA CELA COM UM TERRÍVEL ASSASSINO

Jefferson Magno Costa   
     Ela era famosa por evangelizar os prisioneiros mais perigosos do presídio da Sibéria, na Rússia. Certa vez o carcereiro lhe disse:
     — Matilda, acho melhor você não entrar nesta cela. Aí está o terrível Vasilev. Ele já estrangulou muitas pessoas.
     — Jesus está comigo, e Vasilev precisa conhecer Jesus.
Entrou na cela. Diante dela estava um homem enorme e fortíssimo. Ele a olhou friamente e gritou:
     — O que você quer aqui? Vocês sempre leem para mim os mesmos trechos da Bíblia. Dê-me sua Bíblia. Vou escolher os trechos que você deve ler, e quero ver se você consegue mostrar que eles têm alguma coisa a ver com a minha vida.
     Abriu no primeiro versículo do primeiro capítulo de Gênesis, e ordenou que Matilda lesse. Ela leu: “No princípio criou Deus os céus e a terra”.
     — Deus criou tudo belo e perfeito, Vasilev. Criou o mundo, a natureza, criou sua mãe e deu você a ela, como uma criança forte e sadia, e traçou um plano maravilhoso para sua vida.
     — Agora leia aqui! — ordenou Vasilev. Matilda leu:
“E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo...”
     — Vasilev, essas trevas surgiram como resultado do pecado de Lúcifer. E foi esse pecado, essas trevas que tornaram feio o coração tão puro e belo que você tinha quando criança. Seus pecados, seus crimes o afastaram de sua família e do plano de Deus, e o trouxeram para esta cadeia. Você se tornou frio e vazio do amor recebido na infância.
     Vasilev ficou por algum tempo mergulhado em suas recordações. Era visível o efeito que a Palavra de Deus produzia naquele coração.
De repente, como que acordando, ele ordenou outra vez:
     — Leia aqui! — Matilda leu: “E disse Deus: Haja luz. E houve luz”.
     — Deus não abandonou nem o mundo nem você na escuridão do pecado, Vasilev. Ele enviou seu Filho, Jesus Cristo, para trazer a todos a luz da salvação. Não existem trevas, não existe pecado que essa luz não possa iluminar e destruir. Jesus pode retirar você dessa profunda escuridão, Vasilev. Quer aceitá-lo como seu Salvador?
     As lágrimas escorreram pelo rosto marcado de cicatrizes. A resposta foi:
     — Quero!
     Prezado leitor: Faça como Vasilev, troque a escuridão e as correntes de pecado que aprisionam sua vida pela luz e a liberdade que Jesus oferece. “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (João 8.36).
     Visite uma igreja evangélica e comemore sua liberdade na luz de Jesus Cristo.
Jefferson Magno Costa

Um comentário:

  1. A Paz do Senhor estimado irmão Jeferson!

    Tenho acompanhado este seu blog há tempo e já sou seguidor. Gosto muito das mensagens aqui postadas, visando sempre alcançar aqueles que ainda não foram beneficiados com o conhecimento do Evangelho do Senhor Jesus Cristo, e também traz-nos Palavras estimulantes e confortadoras.
    Deus continue a lhe abençoar neste profícuo ministério evangelístico e literário.
    Abraços do irmão em Cristo....

    Pr. João Q. Cavalheiro
    www.aramasi.blogspot.com

    ResponderExcluir

(Clique na imagem)

(Clique na imagem)

Visitantes recentes

Top 10 Members

.

.