sábado, 5 de novembro de 2011

A MENSAGEM DE JESUS CRISTO PERMANECERÁ INALTERÁVEL NO MUNDO ATÉ O FINAL DOS TEMPOS!


Jefferson Magno Costa
     A quem foi dada a missão de iniciar a pregação do Evangelho? A homens e a mulheres que não se calavam diante de nenhuma ameaça, homens e mulheres decididos a selar com o seu próprio sangue a verdade que pregavam.
     Milhões deles morreram como mártires, mas não negaram Aquele a quem haviam confessado como Salvador de suas almas! Ora, isto parecia assombroso e incompreensível aos olhos do mundo. Diante da dificuldade de se entender com os olhos da carne a grandiosidade da missão e o espírito de sacrifício da Igreja Primitiva, o mais inspirado pregador da língua grega, João Crisóstomo ("boca de ouro"), que pastoreou a Igreja de Antioquia da Síria no século IV, teceu este sublime comentário:
     Se um homem dissesse a outros homens: "Vós abandonareis as vossas atividades, tomareis o bordão de peregrinos e ireis pregar por esse mundo a fora que eu sou o Cristo, o Filho do Deus vivo, que morri supliciado na cruz para vencer a morte e salvar a humanidade, mas que ressuscitarei ao terceiro dia, subirei ao Céu e breve voltarei, não mais como Salvador, mas como juiz de vivos e mortos. Ides como cordeiros".
     Se dissesse também: "Eu vos mando para o meio de lobos. A doutrina que levais às nações ser-vos-á motivo de aflição. Sereis odiados, perseguidos, presos, açoitados, e por último vos matarão. Mas não temais. Pelos ilusórios e efêmeros bens que o mundo vos rouba, dar-vos-ei Eu a glória infinita da eternidade no Céu".
     Se um homem dissesse isto a outros homens, tê-los-iam eles acreditado se ele não lhes tivesse dado evidentes provas de ser verdade o que dizia? Teriam eles tomado sobre os seus ombros essa gigantesca tarefa se não estivessem convencidos da verdade daquilo que ensinavam e pregavam?
     Pois bem, existiram 12 homens a quem essas palavras foram ditas, e que às custas de suas vidas pregaram essa mensagem ao povo judeu e ao mundo pagão. Voltemos o nosso pensamento para o tempo e o lugar onde esses homens começaram suas atividades evangelísticas, e tentemos vê-los.
     São doze homens rudes, de condição humilde. Eles não têm exércitos, e vão conquistar o mundo. Não têm ciência, e vão confundir as escolas de Alexandria e o Areópago de Atenas!
     Os orgulhosos Césares de Roma, com exércitos poderosos, com ricos tesouros, com numerosos escravos, nada poderão contra esses simples homens. A voz deles será mais poderosa que a força dos tiranos, mais eloquente que toda a ciência humana. Tudo se erguerá contra essa voz, mas ela triunfará!


Jefferson Magno Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(Clique na imagem)

(Clique na imagem)

Visitantes recentes

Top 10 Members

.

.